Home / Destaque / Léo Sandes: um ser fronteiriço

Léo Sandes: um ser fronteiriço

Espetáculo O Fronteiriço | Foto: Jomir Gomes

Ator e cenógrafo, Léo Sandes se apresenta nesse sábado, junto com a Cia Sebastião de Teatro, no Centro de Cultura ACM, em Jequié. O ator vai falar sobre suas interpretações e sobre a trajetória no teatro dentro do grupo fundado em 2014 na cidade. A Cia Sebastião desenvolve espetáculos monólogos, debruçando-se sobre a construção do ator e também explorando sua relação com as possibilidades diversas dentro da dramaturgia.

Um dos trabalhos de Léo foi o espetáculo O Fronteiriço, dirigido por Jomir Gomes, e que será apresentado durante a imersão do artista no curso. Construído sobre os registros fotográficos de pertences de pacientes psiquiátricos, a cena é criada livremente a partir de um olhar sensível que cada objeto perdido desperta. O monólogo passeia pela linha sutil (ou fronteira) que divide a loucura da lucidez revelando um sujeito sem lugar carregado de memórias e existencialismo.

Espetáculo O Fronteiriço | Foto: Jomir Gomes

 

 

Veja também

MC Osmar: arte-educador e ativista

Um dos pioneiros da cultura Hip Hop na região de Alagoinhas, o rapper e arte-educador …